top of page

Estudante de doutoramento do CIS-Iscte galardoada por artigo científico

O Prémio Garcia de Orta 2023, no valor de 5.000 euros, foi atribuído a Inês Oliveira, doutoranda no CIS-Iscte e psicomotricista no Hospital Garcia de Orta, pelo estudo Sensing the body matters: Profiles of interoceptive sensibility in chronic pain adjustment.


Este trabalho, recentemente aceite para publicação na revista PAIN, identificou perfis de competências de Sensibilidade Interocetiva, isto é, a experiência auto-relatada da capacidade de sentir, interpretar e auto-regular as sensações internas, em indivíduos com dor crónica musculoesquelética. Além disso, o estudo fornece evidência para o papel da sensibilidade interocetiva no ajustamento à dor crónica, em particular, ao nível de processos psicológicos e comportamentais protetores e/ou de risco para a persistência da dor. Os dados deste estudo permitem refinar modelos teóricos da dor, ao explicitar interações corpo-mente, e contribuem para o desenvolvimento de intervenções personalizadas, melhorando o ajustamento à dor crónica.


Inês Oliveira, psicomotricista do Serviço de Psiquiatria e com colaboração com a Unidade da Dor, desenvolveu este estudo no âmbito do seu projeto de doutoramento financiado pela FCT (Ref. 2020.05586.BD), realizado no CIS-Iscte e supervisionado pelas investigadoras Sónia Bernardes e Margarida Garrido. Helena Carvalho (CIES-Iscte) é também autora deste artigo. Inês afirma que

"É muito satisfatório ver este trabalho reconhecido através da atribuição do Prémio Garcia de Orta e sinto-me grata ao Hospital Garcia de Orta por dinamizar esta iniciativa."

Desde 2014 que o Prémio Garcia de Orta tem o objetivo de galardoar o melhor trabalho científico original publicado por profissionais daquela instituição. O artigo estará brevemente disponível no site da revista científica PAIN.

47 visualizações

Comments


bottom of page