top of page

Investigador do CIS-Iscte selecionado para a Pool of European Youth Researchers

Francisco Simões, investigador do Centro de Investigação e Intervenção Social (CIS-Iscte), foi selecionado como um dos peritos para integrar a Pool of European Youth Researchers (PEYR) para o mandato 2024/2025.


© 2023 Hugo Cruz | Iscte

 

Composto por 35 especialistas de diversos pontos da Europa, a PEYR é um consórcio distinto, reconhecido pela sua perícia em vários domínios políticos, aplicações práticas e áreas de investigação relacionadas com a juventude. Criada em 2010, a PEYR tem desempenhado um papel fundamental no reforço das iniciativas da Parceria para a Juventude da Comissão Europeia, contribuindo para uma compreensão matizada das dimensões multifacetadas subjacentes às vidas, aspirações e desafios dos jovens em todo o panorama europeu.


As contribuições dos investigadores da PEYR transcendem os esforços académicos. Através da elaboração meticulosa de documentos de investigação, inquéritos, resumos de políticas e estudos analíticos, fornecem informações valiosas às principais partes interessadas, como a Comissão Europeia, o Conselho da Europa, os decisores políticos, os investigadores e os profissionais envolvidos no trabalho com jovens.


Francisco Simões, agora membro deste distinto grupo, desempenhará um papel fundamental no fornecimento de recomendações e análises baseadas em factos para informar a formulação de políticas e iniciativas centradas na juventude, tanto a nível europeu como nacional. A sua experiência, cultivada ao longo de anos de dedicação académica aos temas de investigação dos jovens NEET e dos jovens rurais, promete enriquecer o discurso em torno das questões relacionadas com a juventude, promovendo assim um ambiente propício ao seu desenvolvimento holístico e à sua capacitação.


De facto, como líder da Ação COST CA18213: Rural NEET Youth Network, Francisco Simões participa na criação do Observatório da Juventude Rural, uma plataforma que pretende servir como um instrumento de síntese de livre acesso para armazenar e partilhar três fontes de informação (dados de investigação, ferramentas metodológicas e boas práticas) relativas aos jovens NEET rurais. Francisco Simões referiu:

"Esta será, sem dúvida, uma ótima oportunidade para ligar o nosso Observatório a esta iniciativa e às próximas iniciativas da UE no domínio da juventude. Assim, farei questão de partilhar os nossos esforços coletivos nesse Fórum".

41 visualizações

תגובות


bottom of page