top of page

Projeto Erasmus+ KidLe visa promover a inclusão de crianças migrantes através de jogos interculturais

O projeto Erasmus+ KidLe - Developing an intercultural game as a pedagogical tool for the inclusion of pupils with migrant background in new learning environments (Desenvolvimento de um jogo intercultural como ferramenta pedagógica para a inclusão de alunos migrantes em novos ambientes de aprendizagem) teve a sua reunião de arranque em janeiro de 2024.


Ao longo de dois anos, a equipa do projeto irá coconstruir, juntamente com educadores/as, professores/as, pais e crianças, jogos que visam não só integrar, mas também promover o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças migrantes.


Entre os possíveis impactos do projeto, a sua coordenadora, Cecília Aguiar (CIS-Iscte) destaca “a promoção das competências sociais, comunicacionais e interculturais de crianças entre os 4 e os 8 anos”. Além disso, pretende-se também promover as competências interculturais de educadores/as, professores/as e pais bem como as suas competências para utilizar jogos como ferramentas educativas.


Parte da equipa do projeto a 15 de janeiro de 2024, no Iscte, Lisboa


A equipa do projeto é composta por 6 instituições, sediadas em 5 países diferentes, com perfis diversificados e complementares. Inclui duas instituições de ensino superior (Iscte-Instituto Universitário de Lisboa e a Universidade de Limassol, Chipre), duas ONGs (Inter Aktion, Austria; e Sirius, Bélgica), uma empresa (Eurospeak, Irlanda) e um jardim de infância público (Agios Spyridon, Chipre). Para além de Cecília Aguiar, a equipa no Iscte é ainda constituída por Joana Alexandre, Nadine Correia, Patrícia Arriaga, Ricardo Rodrigues (CIS-Iscte) e Isabel Alexandre (IT-Iscte). O gestor do projeto é Leonardo Sousa (CIS-Iscte).


Depois de uma primeira sessão em dezembro de 2023, a reunião de arranque do projeto, realizada nos dias 15 e 16 de janeiro de 2024, no Iscte, teve como objetivo principal definir as ações-chave a serem implementadas ao longo do projeto. “Brincar para Incluir” (Playing for Inclusion) será o lema central do projeto KidLe.


O projeto KidLe é financiado através do programa Erasmus+ (ação “KA220-SCH - Cooperation partnerships in school education”).




24 visualizações

Comments


bottom of page